.

.

segunda-feira, 12 de junho de 2017

Fugiremos para longe daqui... para nos amarmos perdidamente


Fecha os olhos e esconde aquilo que te faz chorar. 
Finge que nem sequer estás aqui para não repararem em ti - 
Naquilo que te faz sofrer, naquilo que te faz ficar neste estado em que te sentes.
Por mais que possamos amar, porque razão temos de dar parte fraca?
Ninguém te vai estender uma mão para te ajudar, nem a outra para te limpar as lágrimas.
Estamos presos uns aos outros, entregues a nós próprios
E pouco nos importamos com quem está ao nosso lado.

Ou entrega-te a quem não quer saber de ti, ou foge.
Fugiremos para longe daqui, livraremos de cada bala que nos tentam apontar.
Porque razão só as pessoas más conseguem sobreviver neste mundo insano?
Porque razão não há espaço para quem pensa com o coração?
É esta a merda de sociedade que temos hoje em dia: fraca, hipócrita, que pouco se importa com o outro.
Não há amor. Não há misericórdia. Não há compreensão.
Só há olhares que julgam, corações sem sentimentos, invejas desmedidas.

Por agora, pára de chorar e pensa com calma naquilo que podes fazer.
Luta. Luta sempre por ti e por aquilo em que acreditas.
E nunca baixes os braços ao amor.



Sem comentários:

Enviar um comentário